Branca, sem cor e escura. Foi assim que a arquiteta Mariana Noguera definiu a cozinha da Carolina, moradora de um apartamento alugado em São Paulo (SP) que aceitou o desafio de renovar o visual do ambiente, a convite do ZAP.

Além da Mariana, as arquitetas Laurimar Coelho e Adriana Bragotto avaliaram o cômodo, sugeriram melhorias e fizeram os reparos necessários.

Para essa ação, o ZAP gastou R$ 750* na compra de adesivos especiais para azulejos, fita adesiva de LED, papel adesivo amarelo, lousa, fruteira, frigideira, tecido branco para cortina, duas cestinhas para temperos, mini horta, além de produtos específicos para fixar os materiais.

O primeiro passo foi colar na parede próxima à pia os adesivos de azulejos coloridos. Além de serem muito resistentes à umidade, ele deram um toque especial à área que era, até então, totalmente branca, e ainda serviram para revestir as tampas dos temperos da cozinha, conforme ressalta Mariana.

Pensando em facilitar ainda mais o trabalho da dona da casa, as arquitetas instalaram um escorredor de louças na parede lateral. Segundo elas, esse utensílio possui a vantagem de ser fechado após a secagem e organização das vasilhas nos armários ou prateleiras, otimizando o espaço. Para reforçar a iluminação foi colocada uma fita adesiva de LED abaixo do armário.

Outro ponto alto da pequena reforma foi a troca dos estofados das cadeiras. Para esse processo bastou desparafusar o assento e cobri-lo com o novo tecido. A fixação do pano foi feita com a ajuda de um grampeador de tapeçaria.

Já o papel adesivo amarelo serviu de revestimento para a mesa e a bancada de um dos armários. Tudo isso deixou o cozinha mais colorida e com novos ares.

Para finalizar, o cômodo recebeu outros toques especiais, como uma lousa de recados ou receitas, uma cortina para delimitar a área de serviço, duas cestinhas de paredes (que pode conter temperos ou condimentos) e uma pequena horta.